Fábrica da Pólvora: The Explosive New Art Scene in Oeiras

José Uncategorized 2 Comentários

Quem o diz é Ellis Dixon, uma das várias colaboradoras da revista online Atlas Lisboa, uma publicação que anda à procura dos encantos escondidos de Lisboa. A Elis veio morar para Lisboa em 2012 e “apaixonou-se pela luz, pela saudade, pelas sandes e pelas pessoas”.

Ela visitou a Fábrica, passou pela Oficina do Erro e parece que gostou.

Leiam tudo aqui, no artigo que escreveu:
http://www.atlaslisboa.com/fabrica-da-polvora-art-scene/

Comentários 2

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *